Um avião com 130 passageiros da companhia aérea Air Canada pediu, nesta segunda-feira (3/2), ao controle aéreo da Espanha para realizar um pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Barajas, em Madri. A aeronave é um Boeing 767-200ER e não há previsão de quando o modelo conseguirá pousar.  
 A empresa responsável pelo aeroporto informou, via Twitter, sobre o problema. A aeronave está queimando combustível após, de acordo com o jornal local "El País", ter um problema com trem de pouso e por isso decidiu retornar à capital espanhola menos de uma hora depois de decolar..
El País também cita versões segundo as quais houve "danos sérios" em uma roda na decolagem, o que levou o piloto a abortar o trajeto e a informar os controladores sobre a necessidade de um pouso de emergência. Antes disso, o avião dá voltas para gastar combustível e tornar o procedimento mais seguro. O aeroporto de Barajas já destinou uma pista para esse pouso.